Bn bin Aruba

Por Marcos Barros | País:Aruba
Procurando voos em Aruba? clique aqui | Procurando hoteis para Aruba? clique aqui

Aruba é um encanto. Se tivesse que resumir a acolhedora ilha localizada a apenas 31 km do golfo da Venezuela, talvez essa seja a palavra mais apropriada, encanto. A pequena ilha tem pouco mais de 190km de extensão e lá vivem algo em torno de 150 mil habitantes.

Superestimar alguém ou algo é feio em qualquer situação, mas não tem como evitar o “nossa!!” ao se deparar com a tremenda estrutura que a ilha tem.  Aruba surpreende também pela cidade arrumada e organizada que descortina sobre os olhares dos visitantes. Não faltam hotéis de altíssimo nível, restaurantes maravilhosos, cassinos e centros comerciais nos melhores estilos americanos com todas as grandes marcas.

Ah, mas você estava procurando outro tipo de ilha para passar suas férias certo? Algo mais selvagem, próximo do conceito clássico e romântico que todos tempos de ilha, não é isso? Pois Aruba também bebe dessa fonte com parques selvagens (porém domesticados) e praias com todo aquele climão de ilha que imaginamos. 

 


Palm Beach no meio da tarde

Ah sim, Aruba tem praias. O principal foco do eficiente marketing que Aruba faz ao redor do mundo entrega realmente o que promete. Praias calmas de águas cristalinas, mornas e transparentes, areias finas e temperatura agradável. Um paraíso mesmo. Palm Beach é a Copacabana deles. Movimentada, farta de opções de passeios ali ao lado da sua espreguiçadeira alugada. É a praia onde ficam os grandes hotéis e resorts. Excelente ponto de partida para quem vai ficar mais tempo na cidade. Já para os viajantes de cruzeiros que dispõem de poucas horas para curtir a cidade, apesar do fácil acesso talvez não seja a melhor escolha.

Eagle Beach, Arashi Beach, Rogers Beach, Baby Beach, entre outras. São diversas opções de praias. Todas excelentes opções com propostas que diferem entre si e valorizam ainda mais a riqueza de Aruba.


Baby Beach


Desbravando Aruba
São inúmeras opções de passeio e atividades em Aruba. Dá pra passar uma semana e não fazer tudo. E a empresa gigante do turismo receptivo da cidade se chama De Palm Tours. Eles oferecem passeios de veleiro, city tours e visitas até a ilha própria (De Palm Island) que é um local paradisíaco que lhe dá a oportunidade de andar de Banana Boat, mergulhos com um capacete estilo astronauta, mergulhos com óculos e um cabo respiradormergulhos de snorkel, acessos a parque aquático com comes e bebes tudo incluído e até inusitados passeios no submarino Atlantis.

Eu tive a oportunidade de guiar uma espécie de jipe (com direito a bandana no rosto e tudo contra a ventania e poeira)  que eles chamam de UTV Off Road Safari cruzando a aridez do parque Arirok (recobre 18% do território do país) rumo às piscinas naturais e a bela praia de Andicuri. O passeio, com duração de três horas e meia, ainda passa pelas minas de ouro Bushiribana, a charmosa capela Alta Vista e o farol desativado.  Com certeza é o passeio mais radical da cidade. Vai um guia na frente guiando seu UTV e outro no final do grupo que segue em fila indiana desviando de rochas, da vegetação e dando pulos inevitáveis com o tremer do carro no terreno rochoso.

O UTV e o Farol, parada final do passeio radical.

O passeio contou com a dupla Benson e Julius como guias. Dono de um humor repleto de tiradas marcantes Benson deu o tempero ao melhor estilo “Mestre de Cerimônias” e Julius complementava auxiliando o grupo tirando fotos e respondendo todo o tipo de dúvida que surgia.  Em um bate-papo bem humorado Benson se vangloriou de em Aruba todas as crianças aprenderem na escola não um, mas os quatro idiomas oficiais da ilha: holandês, inglês, espanhol e Papiamento (mistura de holandês, espanhol, português e influências dos dialetos africanos e da língua dos nativos arauak e língua oficial da sinalização de rua e conversas locais). Já Julius contou como a economia da cidade tem no turismo e no comércio sua principal fonte de renda, como eles importam muitas coisas de fora, inclusive do Brasil, os hábitos alimentares dos moradores e a sobre as iguanas que são típicas, mas andam escassas. Enfim, uma dupla de guias altamente profissional e divertidíssima para as quase quatro horas de passeio que passam com a velocidade de poucos minutos.

E assim é Aruba, a cidade feita para se perder a noção do tempo e para se estourar os limites do cartão de memória da máquina e, porque não, de crédito.


Dicas
- Moomba Beach Bar e Restaurante. É o clássico bar/restaurante de praia. Na areia mesmo. Em 2011 ele foi escolhido pela CNN como um dos melhores bares de praia do mundo. Com estrutura de primeira e ambiente descolado com atividades diversas à noite, se destaca também pelos pratos e bebidas deliciosos. Vale destacar a salada com camarão, inesquecível. 

- Passeios de snorkel, mergulhos ao cargueiro alemão Antilla que afundou próximo da orla, Parasailing entre diversos outros muito legais podem ser comprados nas barracas de praia em Palm Beach. A oferta é grande e os preços variam um pouco. Vale a pesquisada.

- Baby Beach é a praia ideal para família com filhos. Calminha, marolinha, clima meio deserto, visual dislumbrante, vale a pena a visita. O único porém é que fica longe do centro. É para ir de taxi ou carro alugado.

- Aruba fabrica e vende muitos cosméticos à base de Aloe Vera. Então nada mais normal do que a fartura de produtos a venda no comércio local.

- Sabe as árvores tortas? As que parecem Bonzais? Elas se chamam Divi-divi e são típicas do caribe. Sua forma diferenciada se deve a ação dos fortes e constantes ventos da região. Em Aruba você vai encontrá-las na praia de Eagle Beach.

- Aruba sempre foi referência de turismo americano. De alguns anos pra cá vem ganhando destaque no Brasil também em boa parte graças a oferta de voos diretos. É sempre bom ficar atento, pois vez em quando rola excelentes promoções das companhias brasileiras para Aruba.

- E, por fim, o mapa da cidade para ajudar a se localizar em Aruba!

Pág 1 de 1 1 2 »

Analisador de destinos?

Como é bom a "pré-viagem", não? Aquela preparação, a expectativa, os detalhes. Vivendo a viagem, a partir de agora, será seu companheiro do início até o fim de sua viagem. Quer saber como tira visto para a Turquia? Aqui você descobre como. O que fazer para minimizar o risco de extraviar suas malas? Aqui tem. . E muitas outras coisas bacanas. Agora em um só lugar.

Um guia de viagens?

Está próximo da sua viagem. Você já fez aquela pesquisa na internet sobre o local que você vai visitar e pegou uma infinidade de informações e dicas? Aqui será o local daquela dica diferenciada, do detalhe que faz a diferença, das curiosidades culturais interessantes que para muitos passam desapercebidas e, porque não, das tradicionais roubadas que sempre entramos em viagem.

Seu companheiro

Vivendo a viagem é sobre turismo, hotéis, resorts, pousadas, pacotes turísticos, destinos, passagens, câmbio, restaurantes, passeios e tudo mais que envolve uma viagem seja nacional ou internacional. É sobre as roubadas que sempre existem, sobre aquela vontade deliciosa de explorar o desconhecido. É sobre viajar mas, acima de tudo, é sobre viver ou sobreviver em outras cidades.